Reflexões sobre maternidade

A fêmea humana só deixa de ser cria quando se torna mãe. Não necessariamente de sua própria cria, mas de irmãos, parceiros, amigos, até mesmo daqueles cujos genes possibilitaram sua existência. Maternidade, na maioria das vezes, forçada sobre ela.

O ideal é ela primeiro tornar-se mãe de si mesma. Caso isso não ocorra, a maternidade virá forçadamente e ela não saberá como agir, pois ainda é uma cria – com responsabilidade de criar outra.

Algumas conseguem tornarem-se mães de si mesmas sob essa maternidade forçada. Porém, a maioria que ainda não conseguiu deseja ser sempre cria e acaba perdida por não poder.

Um macho, no entanto, é sempre cria. Isso que o dá a ilusão de liberdade e força. A incompreensão das características de mãe. O macho pode tornar-se pai, mas um pai é apenas uma tentativa de reprodução da figura materna. E não digo isso como insulto. Pais são igualmente importantes e sei bem a falta que faz um.

O fato é que um macho humano deve almejar ser mãe, apesar de nunca conseguir. Seguindo esse caminho, conseguirá ser verdadeiramente pai. De si próprio e de outros. Um macho que não procura ter características maternas é incapaz de ser pai, pois seu instinto de cria se sobrepõe a tudo. Quando cai sobre ele um tipo de paternidade forçada, o conflito interno é ainda maior que o da fêmea, pois ele é e sempre será cria. Desse modo, parece mais injusto no caso do macho.

A despeito de tudo isso, a Natureza é Mãe e tem plena consciência de suas ações. As dificuldades que ela deixa suas crias passarem são puramente meios de fortalecê-las.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s